Arquivo da tag: Campeonatos Históricos

Copa do Interior com Clubes Capítulo 2 – Copa do Interior em 1980

Por José Henrique, 27 de outubro de 2019

No ano de 1980, foi realizada mais uma edição (a segunda para ser mais exato) da Copa do Interior com Clubes ao invés de seleções municipais, inclusive com alguns municípios criando suas ligas para poder mandarem um clube para representa-la, esse foi o caso da cidade de Surubim que fundou sua liga e mandou o tradicional Sport Club Surubim.

Além da cidade de Surubim tivemos estreando na competição também as cidades de Petrolina, Nazaré da Mata, Belo Jardim e Gravatá, no final tivemos um total de 18 participantes na competição de 1980, o que foi um número bem inferior ao de 1973 quando tivemos a participação de 35 clubes.

Nesta competição entraram como favoritos o time da AGA de Garanhuns que foi campeão em 1973, o time do Destilaria do Cabo de Santo Agostinho, o Palmeiras de Paulista e o Locomoção de Jaboatão dos Guararapes, sendo que Palmeiras e Destilaria foram os grandes finalistas da competição onde o título ficou com o alviverde da cidade de Paulista.

Confiram os participantes desta edição:

A competição foi marcada pela falta de apoio que os clubes sofreram no decorrer do torneio, onde se chegou a ter jogos adiados por estádios municipais sem a menor condição de jogo, e um dos clubes que sofreram foi o JET de Timbaúba, que dependia da prefeitura e ficou a ver navios em alguns jogos.

O grande campeão desta edição foi o Palmeiras de Paulista que venceu o forte time do Destilaria do Cabo no estádio Municipal Gileno de Carli por 1×0 e em Paulista no Campo da Tecanor venceu por em 2×0 (o estádio Ademir Cunha já estava em fase de projeto, elaboração e construção)


Confiram também o mapeamento da competição:




Fonte: Diário de Pernambuco – Biblioteca Nacional Digital

Nos ajude! Compartilhe essa matéria, espalhe o conhecimento histórico do futebol pernambucano!!!
Publicidade

Copa do Interior com clubes Capítulo 01 – Copa Governador Eraldo Gueiros de 1973

Por José Henrique, 21 de outubro de 2019

“Hoje o Acervo Futebolístico Pernambucano estará iniciando mais uma série de matérias sobre a tradicional competição pernambucana, a Copa do Interior, mais ao contrário que muitos pensam, as edições que serão apresentadas aqui não são as convencionais com seleções municipais e sim com os clubes campeões de suas Ligas locais que vão desde 1973 com a Copa Governador Eraldo Gueiros até o ano de 2019 com a Taça União de Clubes Intermunicipais.”

Espero muito que curtam a leitura e o ganho de conhecimento na história de nosso futebol.”


No ano de 1973, foi realizado em Pernambuco  Copa Governador Eraldo Gueiros, que foi a primeira Copa do Interior realizada inteiramente com clubes, no ano de 1968 houve o campeonato pernambucano amador com clubes do interior, porém o mesmo não foi considerado uma Copa do Interior e sim o Campeonato estadual amador daquele ano.

Foi sem dúvidas a maior competição realizada com clubes em Pernambuco, sendo um total de 35 equipes que envolveram 20 cidades do interior mais a capital pernambucana para a disputa deste campeonato, que foi considerado um grande sucesso de público e renda para todos os clubes que na época, todos (sem exceção) eram amadores, porém muitos deles com bastante tradição pelo estado, por disputarem amistosos com os clubes da 1ª divisão estadual e até mesmo jogos contra clubes de fora do estado.

A competição durou de Maio de 1973 até meados de Fevereiro de 1974, e teve como seu grande campeão o time da AGA de Garanhuns, que na época já buscava a profissionalização do seu departamento de futebol, o clube venceu na final o time do Santa Cruz do Carpina por 5×2 no placar final.

Confiram o clubes participantes da Copa do Interior de 1973 divididos em seus respectivos grupos

O sistema de classificação para a Copa Governador Eraldo Gueiros de 1973, era básica, o clubes que eram campeões e vice-campeões das liga municipais filiadas a Federação Pernambucana de Futebol se tivesse condições se classificaria para a competição, alguns clubes receberam convites por apresentarem bons resultados em amistosos ou por sua cidade não ter uma Liga fundada, como foi o caso do Destilaria da cidade do Cabo de Santo Agostinho, que teve sua Liga fundada no mesmo ano da competição.

Como dito no início da matéria o grande campeão da 1ª edição da Copa do Interior realizada inteiramente com clubes foi o forte time da AGA que entrou como grande favorito ao título, por apresentar uma maior organização e boa estrutura com relação aos demais clubes, inclusive de seus rivais locais o Independente e o Sete de Setembro.



Criamos um mapa onde mostramos todos os participantes e suas cidades, recomendamos abrir a imagem em uma nova guia para poder visualizar melhor os clubes e cidades.

Fonte: Biblioteca Nacional Digital – Diário de Pernambuco, Wikipédia

Nos ajude! Compartilhe essa matéria, espalhe o conhecimento histórico do futebol pernambucano!!!

Campeonato Pernambucano das Usinas, disputado entre 1958 e 1962

Por José Henrique, 04 de agosto de 2019

O Campeonato Pernambucano das Usinas foi uma competição disputada em Pernambuco nos anos de 1958, 1959, 1960, 1961 e 1962.
A Competição era unicamente disputada entre equipes que representassem uma das Usinas de Cana de Açúcar do estado de Pernambuco, entre as décadas de 1950 e 1960, a Usinas eram uma das maiores fontes de empregos no estado, tendo assim poderio suficiente para sustentar um clube de futebol.
E alguns clubes mesmo amadores (semi-profissionais) chegaram a se destacar tanto no cenário do futebol de Pernambuco, nesta época os clubes participantes do certame das usinas eram chamados para realizarem vários amistosos com os clubes que atuavam no campeonato pernambucano de profissionais e para jogar amistosos em todo estado com equipes amadoras de tradição e força nesta época.
Leão XIII de Catende
Dentre os clubes que mais se destacaram do Campeonato Pernambucano das Usinas, estão o Centro Operário de Cultura Leão XIII da cidade de Catende, que também foi o 1º campeão das Usinas em 1958, o clube já chegou a enfrentar em amistosos o Central de Caruaru, o Sport de Recife.
A.A. Rio Una de Barreiros
Outro clube que também mereceu o destaque foi a Associação Atlética Rio Una da cidade de Barreiros, Vice-campeã das Usinas em 1960 e também vice-campeã da Taça Pernambuco de 1962 perdendo o título para o Colombo de Limoeiro.
Destilaria do Cabo
O Destilaria Esporte Clube da cidade do Cabo de Santo Agostinho, que foi vice-campeão em 1958 é um dos mais conhecidos dos que disputaram o certame das Usinas, pois o Azulão Cabense seguiu em frente, e chegou a disputar mais duas Copa do Interior (1973 e 1980) e na década de 1990 conseguiu se profissionalizar e disputar o Campeonato Pernambucano da 1ª divisão em 1992, 1993, 1994 e 1995, posteriormente o clube deu origem a Associação Desportiva Cabense em 1995 quando o mesmo desativou o futebol profissional.
Central Barreiros
Outro time que também se destacou no cenário do futebol pernambucano no interior foi a Associação Esportiva Central Barreiros que na época era um dos cotados para entrar no Campeonato Pernambucano de profissionais, o clube também foi um dos grandes campeões do interior pernambucano, sendo Bi-campeão da Taça Pernambuco em 1964 e 1965 e campeão pernambucano amador, que era uma espécie de 2ª divisão no ano de 1972, o clube também chegou a disputar a 1ª edição oficializada pela FPF-PE da 2ª divisão em 1977.
Cucaú S.C. de Rio Formoso
Também tínhamos o Cucaú Sport Club da cidade de Rio Formoso que disputava vários amistosos com clubes da capital pernambucana e realizava boas campanhas nos campeonatos das usinas, também se destacava por ter um dos melhores estádios da época o Dr. Armando Monteiro que tinha a capacidade para 8.000 torcedores.
E.C. Maravilhas de Goiana
Mais dentre todos os clubes que disputaram os campeonatos das Usinas o que mais se destacou entre eles sem dúvidas foi o Esporte Clube Maravilhas, da cidade de Goiana. O clube foi tetra-campeão (1959, 1960, 1961 e 1962) do Campeonato Pernambucano das Usinas e foi cogitado a entrar no campeonato pernambucano de profissionais já no ano de 1960, quando foi barrado por não possuir um estádio nas condições exigidas pela FPF (pois é caros leitores, não é de hoje que os estádios barram os times de disputar competições oficiais no estado de Pernambuco), porém o clube se destacava por realizar também amistosos não só estaduais como também interestaduais, principalmente com clubes do estado da Paraíba, e lá se foram jogos contra Paulistano, Red Cross, União, Santos e Botafogo, todos da Paraíba, com destaque para uma vitória conquistada por 4×0 contra o Botafogo da Paraíba, jogando em Goiana.
O Campeonato Pernambucano das Usinas foi realizado pela última vez no ano de 1962, pois no ano posterior começava o declínio do poderio econômico das Usinas Pernambucanas, prejudicando muitos clubes que dependiam exclusivamente das Usinas de Cana de Açúcar para se manterem ativos, e o primeiro a ser atingido foi a Associação Atlética Rio Una que já fechou as portas em 1963, quando a Usina Rio Una fechou as portas outro dos atingidos foi o maior campeão da competição, o Maravilhas, que encerrou suas atividades ainda na década de 1970, o Central Barreiros, na década de 1980, os demais participantes foram extintos ainda na década de 1960.
Atualmente apenas o Destilaria sobrevive na forma da Cabense e disputa a série A2 estadual e o pernambucano sub-20, o time do Cucaú Sport Club, sobrevive como um clube amador e disputa amistosos pela região.
Confiram os Clubes Participantes ano após ano do Campeonato Pernambucano das Usinas:
1958

Centro Operário de Cultura Leão XIII, representava a Usina Catende na cidade de Catende;
Destilaria Esporte Clube, representava a Destilaria Central Presidente Vargas na cidade do Cabo de Santo Agostinho;
Esporte Clube Maravilhas, representava a Usina Nossa Senhora das Maravilhas na cidade de Goiana;
Cucaú Sport Clube, representava a Usina Cucaú na cidade de Rio Formoso;
Associação Esportiva Central Barreiros, representava a Usina Central Barreiros na cidade de Barreiros;
Associação Atlética Rio Una, representava a Usina Rio Una na cidade de Barreiros;
Centro Esportivo Santo André, representava a Usina Santo André na cidade de Rio Formoso;
Bonfim Futebol Clube, representava a Usina Bonfim na cidade de Primavera;
Rosário, representava a Usina Trapiche na cidade de Sirinhaém;
1959

Esporte Clube Maravilhasrepresentava a Usina Nossa Senhora das Maravilhas na cidade de Goiana;
Associação Esportiva Central Barreirosrepresentava a Usina Central Barreiros na cidade de Barreiros;
Associação Atlética Rio Unarepresentava a Usina Rio Una na cidade de Barreiros;
Cucaú Sport Cluberepresentava a Usina Cucaú na cidade de Rio Formoso;
Rosáriorepresentava a Usina Trapiche na cidade de Sirinhaém;
Centro Esportivo Santo Andrérepresentava a Usina Santo André na cidade de Rio Formoso;
Destilaria Esporte Cluberepresentava a Destilaria Central Presidente Vargas na cidade do Cabo de Santo Agostinho;
1960

Esporte Clube Maravilhasrepresentava a Usina Nossa Senhora das Maravilhas na cidade de Goiana;
Rosáriorepresentava a Usina Trapiche na cidade de Sirinhaém;
Associação Atlética Rio Unarepresentava a Usina Rio Una na cidade de Barreiros;
Centro Esportivo Santo Andrérepresentava a Usina Santo André na cidade de Rio Formoso;
1961
Esporte Clube Maravilhasrepresentava a Usina Nossa Senhora das Maravilhas na cidade de Goiana;
Rosáriorepresentava a Usina Trapiche na cidade de Sirinhaém;
Associação Atlética Rio Unarepresentava a Usina Rio Una na cidade de Barreiros;
Centro Esportivo Santo Andrérepresentava a Usina Santo André na cidade de Rio Formoso;
Cucaú Sport Cluberepresentava a Usina Cucaú na cidade de Rio Formoso;
Destilaria Esporte Cluberepresentava a Destilaria Central Presidente Vargas na cidade do Cabo de Santo Agostinho;
1962

Esporte Clube Maravilhasrepresentava a Usina Nossa Senhora das Maravilhas na cidade de Goiana;
Associação Esportiva Central Barreirosrepresentava a Usina Central Barreiros na cidade de Barreiros;
Associação Atlética Rio Unarepresentava a Usina Rio Una na cidade de Barreiros;
Centro Esportivo Santo Andrérepresentava a Usina Santo André na cidade de Rio Formoso;
FONTE: Diário de Pernambuco (Biblioteca Nacional Digital) – Pesquisar em Período: 1950, 1960, Localização: Pernambuco, Palavras Chave: Certame das Usinas, Campeonato das Usinas, Campeão das Usinas.

Copa dos Campeões das Ligas do Interior – 2014

Por José Henrique Martins, 24 de junho de 2019

A Copa dos Campeões das Ligas do Interior foi uma competição de caráter semi-amadora disputada entre 1994 até 2002 e também no ano de 2014, onde em 1999, 2000, 2001 e 2002 o campeão ganharia como prêmio máximo a profissionalização e seria inserido no estadual da 2ª divisão do ano posterior, sendo assim considerada como uma 3ª divisão do Campeonato Pernambucano.

Vamos então migrar para o ano de 2014, onde tivemos a última edição deste campeonato. E assim como em suas edições passada e como o nome já diz, o campeonato reunia os clubes amadores campeões das ligas filiadas da FPF-PE, sendo assim em 2014 esses foram os clubes participantes:


A competição a principio contaria com 13 clubes, porém o time do Espartanos da cidade de Alagoinha (que seria o representante da cidade de Pesqueira) desistiu pouco tempo antes da competição.

A competição terminou com o time do Atlético Clube Milan de Toritama sendo o grande campeão e o vice campeonato ficou com o Independente FC da cidade de Camutanga, que na competição representou Timbaúba, por se filiado a Liga Timbaubense na época.

Confira a tabela:
A partida final foi realizada no Estádio Municipal da cidade de Ferreiros, onde o placar final foi de Independente FC 2×1 Milan, forçando a partida para ser decidida nas penalidades onde o placar foi de Independente 6×7 Milan, tornando o Milan de Toritama/Surubim o Campeão desta que foi a última edição da 3ª divisão do campeonato pernambucano.

Milan, Campeão da Copa dos Campeões das Ligas do Interior de 2014 – Foto: FPF-PE

Fontes: FPF-PE (SlideShare), Toritama Informa, O Jornal de Toritama

Campeonato Pernambucano da 2ª divisão de 1918, a primeira edição!

Por Henrique Martins, 09 de junho de 2019



Em pouco mais de dois anos de pesquisas, eu sempre estive com um pé atrás sobre a primeira edição do campeonato pernambucano de 1977, quanto a veracidade de ser de fato a primeira edição da competição, vamos aos fatos:


  • Em 1977 a então segunda divisão foi disputada com  os clubes amadores do interior que por ventura poderiam reunir condições de disputar uma 1ª divisão no ano seguinte, porém seu campeão (o time do Maguary de Bonito) nunca chegou a disputar um jogo na elite estadual.

  • Em 1972 tivemos o campeonato pernambucano de amadores onde tivemos a participação de 06 clubes onde 02 eram de Recife (Caxangá AC e Expressinho FC) e os 04 restantes eram de cidades do interior (AFASA de Igarassu, Santa Cruz do Carpina, Locomoção de Jaboatão  e Central de Barreiros) o campeão dessa edição foi o Central de Barreiros, porém o time também não chegou na elite estadual em anos posteriores.

  • Mergulhando agora no início do profissionalismo no ano de 1939 o campeonato pernambucano daquele ano tinha a participação de 10 clubes (todos de Recife) e com isso a federação dividiu os 10 clubes em 02 divisões, a Azul (1ª divisão) e a Branca (2ª divisão), na divisão azul estavam presentes América, Náutico, Santa Cruz, Sport Recife e Tramways enquanto que na divisão branca estavam Flamengo, Globo, Great Western, Íris e Torre. O campeão dessa divisão branca foi o time do Torre, que no ano seguinte estava na 1ª divisão junto com Flamengo e Great Western.

E por fim mergulhando de vez no amadorismo e primórdios do futebol pernambucano, chegamos no ano de 1918, onde depois de verificar em três jornais da época pude constar que em 1918 foi disputado uma competição com 05 clubes (todos de Recife) e nesses três jornais essa competição era denominada de Campeonato da Segunda Divisão, vejam este recorte:

Classificação da 2ª divisão de 1918 – Jornal Pequeno

Esses eram os participantes:


O título dessa competição é uma incógnita, porém a taça deve ter ficado entre o Centro Sportivo do Peres e Varzeano Foot-Ball Club, pois em 1919, os 02 clubes estavam presentes na 1ª divisão, e sem contar que tiveram a melhor campanha.

Uma observação é que a 2ª divisão era descrita como o campeonato dos clubes filiados mais fracos da Liga Pernambucana de Desportos Terrestres.


Outra observação é de que nesta 2ª divisão participaram o Peres e o Casa Forte, clubes que fizeram campanhas desastrosas na 1ª divisão de 1915, 16 e 17, indicando um possível rebaixamento ou eliminação para a 2ª divisão de 1918.

——————————–X————————————-


Fontes: Biblioteca Nacional Digital Brasil.

Escudos dos clubes redesenhados por Sergio Mello do Blog a História do Futebol

Caso os links não abram, copie e cole na barra de pesquisas de seu navegador.

Campeonato Pernambucano de 1939 – divisão azul e divisão branca

Por Henrique Martins, 23 de maio de 2019

FPD – Federação Pernambucana de Desportos

No ano de 1939, o campeonato pernambucano estava se dirigindo para a 25ª edição, e neste ano em especifico, foi organizado pela Federação Pernambucana de Desportos (FPD – antiga FPF) em duas competições distintas, a divisão Azul e a divisão Branca.

A Divisão Azul era considerada a competição principal, e equivaleu como o campeonato estadual da 1ª divisão de 1939, enquanto que a divisão branca ficou valendo como uma 2ª divisão do ano de 1939, confiram como ficou cada divisão no ano de 1939.

Neste ano de 1939, o campeão da divisão Azul (divisão principal), foi o Clube Náutico Capibaribe, já na divisão Branca (2ª divisão) o título ficou o Torre Sport Club.

Fontes: Blog a História do Futebol, Futebol Nacional, RSSSF Brasil

Escudos de América, Tramways, Globo, Great Western, Íris foram redesenhados por Sérgio Mello do Blog a História do Futebol;
Escudos do Santa Cruz e Torre foram redesenhados por Renato Zaraskys;

Escudos de Náutico, Sport e Flamengo, foram encontrados pela internet.

Flamengo Sport Club de Arcoverde

Por Henrique Martins em parceria com Gilson Martins do Blog Esporte News de Arcoverde
01/05/2019

Ficha do Clube
Nome
Flamengo Sport Club de Arcoverde
Fundação
01 de maio de 1959
Localização
Arcoverde – Sertão
Mascote
Tigre
Status
Em atividade
Competição
Pernambucano Série A1 2019 e Pernambucano Série A2 em 2020

O Clube

ÉPOCA AMADORA

O Flamengo Sport Club de Arcoverde, é um clube de futebol profissional sediado na cidade de Arcoverde, que está localizada no Sertão Pernambucano, o clube foi fundado em 01 de maio de 1959 por Salatiel Silva junto com seus irmãos como Vingador Futebol Clube e logo depois teve o nome mudado para América Futebol Clube, com esses nomes o clube em competições locais não realizava boas campanhas e com isso alguns amigos e torcedores que também eram torcedores do Flamengo do Rio de Janeiro e do Sport de Recife resolveram fundar o Flamengo Sport Club de Arcoverde, onde logo foi inscrito na Liga de Arcoverde, e nesta competição o clube faturou 16 títulos, 14 vice-campeonato e ainda um bi-campeonato da taça de Arcoverde.

E justamente por se demonstrar uma grande força do futebol amador no interior de Pernambuco o clube foi convidado pela FPF-PE para disputar o Torneio Seletivo que ficou conhecido como a primeira edição da Segunda divisão estadual.

O ano foi em 1977 e essa competição reunia os clubes do interior que tinham a capacidade de entrar no campeonato profissional da 1ª divisão pernambucana, competição foi um sucesso de público no interior, pois as principais forças amadoras estavam presentes, e mais três clubes profissionais da 1ª divisão, confiram os participantes:

AGA – Garanhuns
Central – Barreiros
DR-5 – Goiana
Ferroviário – Recife
Flamengo – Arcoverde
Íbis – Paulista
Independente – Garanhuns
Maguary – Bonito
Santo Amaro – Recife
União Peixe – Pesqueira

Os resultados dos Jogos do Flamengo:

Maguary                         3×2  Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0x1  AGA
Flamengo de Arcoverde  3×0  Independente
Flamengo de Arcoverde  0x0  Santo Amaro
União Peixe                     1×1   Flamengo de Arcoverde  
Central Barreiros           2×2   Flamengo de Arcoverde  
DR-5                               1×3   Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0x2   Ferroviário do Recife
Flamengo de Arcoverde  2×0   Íbis

O Flamengo de Arcoverde encerrou sua participação na 5ª colocação com 3 vitórias, 3 empates e 3 derrotas.

Ja no ano de 1980 o clube entrou na Copa do Interior Interclubes, o Tigre do Sertão ficou no grupo junto os seguintes clubes:

Cultura EC – Belo Jardim
América EC – Sertânia
América LE – Petrolina
AGA – Garanhuns
União Peixe – Pesqueira

Confiram os jogos do Clube:

Flamengo de Arcoverde    3×1   Cultura
Flamengo de Arcoverde    2×1   América de Sertânia
América de Petrolina        1×1    Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde    0x0   AGA
União Peixe                       x    Flamengo de Arcoverde (sem dados do resultado)

O time do Flamengo de Arcoverde encerrou sua participação na 3º colocação e não conseguiu avançar na competição, sendo assim eliminado a 1ª fase.

No ano de 1981, o clube mais uma vez entrou para a disputa da Copa do Interior Interclubes, e desta vez o clube caiu no seguinte grupo:

AGA – Garanhuns
Palmeiras – Petrolina
Santa Cruz – Belo Jardim
União Peixe – Pesqueira
ASA – São Bento do Una
EC Sertânia – Sertânia

Confiram os jogos do Flamengo na competição:

AGA                                 0x0   Flamengo de Arcoverde    
Flamengo de Arcoverde    2×1   Palmeiras
Santa Cruz                       1×3   Flamengo de Arcoverde    
Flamengo de Arcoverde    1×1   União Peixe
Flamengo de Arcoverde      x    ASA
Sertânia                             x    Flamengo de Arcoverde (sem dados do resultado)

Mesmo sem termos os resultados dos dois últimos jogos, temos a confirmação de que o Flamengo de Arcoverde foi o campeão da chave, com isso o clube passou de fase e obteve os seguintes resultados:

Condor (Olinda)                 1×3   Flamengo (Arcoverde)
Associação (Gravatá)        1×2    Flamengo (Arcoverde)
Flamengo (Arcoverde)        x     Condor (Olinda) (vitória do Flamengo)
Flamengo (Arcoverde)       3×0    Associação (Gravatá)

Com a campanha perfeita e invicta na Copa do Interior Interclubes, o time do Flamengo chegou a final da competição contra o Palmeiras da cidade de Petrolina, contudo teve inicio a uma das maiores confusões já registradas no futebol do interior Pernambucano.

O time do Sport Surubim que havia sido eliminado pelo Palmeiras, entrou no STJD, alegando que o alviverde de Petrolina havia escalado um jogador irregular, e o Tribunal aceitou a acusação e ordenou uma segunda partida onde o Sport Surubim iria para a final caso empatasse, o Jogo foi em Petrolina, e aos 42 minutos do 2º tempo a partida estava empatada em 2×2, resultado que tirou os torcedores palmeirenses do sério onde os mesmos invadiram o campo e começaram a agredir os jogadores do Sport Surubim e o árbitro foi obrigado a encerrar a partida.

Sabendo do ocorrido a FPF-PE decidiu então eliminar os dois clubes da competição, pois desta vez o Sport Surubim foi denunciado pelo Palmeiras por escalação de jogador irregular e com os dois clubes acusando um ao outro e ambas as acusação tinham procedência, então a FPF-PE tomou a drástica atitude de eliminar ambos os clubes da competição e assim a vaga para afinal caiu no colo da DR-5 mais conhecido como Grêmio da Celpe da cidade de Goiana.

Depois de muita confusão nos bastidores a final só veio ser realizada em no final de Agosto (a competição foi paralisada em junho) e o Tigre do Sertão não se deu bem e acabou sendo o Vice-campeão da Copa do Interior daquele ano de 1981.

Flamengo de Arcoverde   x   DR-5 (Vitória da DR-5) – Souto Maior
DR-5                              W.O  Flamengo de Arcoverde – Agamenon Magalhães

Logo após a final o Flamengo de Arcoverde foi punido pelo W.O e condenado a devolver toda a renda liquida de todos os jogos na Copa do Interior para a FPF-PE, além de ter que pagar multa, e por fim suspensão de qualquer competição que viesse a ser realizada pela Federação Pernambucana de Futebol, além de punições administrativas e denunciado ao TJD pela falta de acordo com o código disciplinar brasileiro de futebol.

Flamengo de Arcoverde em 1978 – Foto: Blog Esportes News

ÉPOCA PROFISSIONAL


O Flamengo de Arcoverde se profissionalizou no ano de 1993, com isso veio a filiação junto a FPF-PE que no começo da década de 1990 tinha como grande meta a interiorização do futebol pelo interior do estado, e no ano de 1994 participou pela primeira vez do campeonato pernambucano da 1ª divisão, o Tigre do Sertão ficou na chave com os times do Porto de Caruaru, Casa Caiada do Recife, Ferroviário do Recife e Sete de Setembro de Garanhuns.

Confira os resultados do Clube em 1994:

Flamengo de Arcoverde  0x2  Casa Caiada
Flamengo de Arcoverde  2×1   Ferroviário do Recife
Sete de Setembro          5×0  Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  0x1   Porto
Flamengo de Arcoverde  2×0  Ferroviário do Recife
Porto                              1×1   Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  3×2  Casa Caiada
Sete de Setembro          4×3  Flamengo de Arcoverde

Time do Flamengo de Arcoverde em 1994 – Foto: Blog Esporte News
A glória do time aspirante que se sagrou vice-campeão pernambucano em 94.
Depois do time ser desclassificado para o quadrangular final em 1993, pelo menos o time aspirante se classificou e realizou uma grande campanha. Vejam os jogos da equipe na época.

(Ida)
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Casa Caiada
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Ferroviário do Recife
Sete de Setembro         2 X 1 
Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Porto

(Volta)
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Ferroviário do Recife
Porto                              2 X 0 
Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Casa Caiada
Flamengo de Arcoverde  3 X 0 Sete de Setembro

Quadrangular Classificatório.
Centro Limoeirense         1 X 5 Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Ferroviário do Recife
Flamengo de Arcoverde  4 X 1 Íbis
Flamengo de Arcoverde  3 X 0 Centro Limoeirense
Flamengo de Arcoverde  5 X 1 Ferroviário do Recife
Flamengo de Arcoverde  3 X 1 Íbis

1ª Divisão de Aspirantes.
Náutico                           0 X 1  Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  3 X 0  Ferroviário do Recife
Flamengo de Arcoverde  1 X 1   Santa Cruz
Sport                             5 X 0   
Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  3 X 0   América
Flamengo de Arcoverde  1 X 1   Central
Estudantes                     1 X 4   
Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  1 X 0   Destilaria
Vitória                           0 X 0   
Flamengo de Arcoverde

Hexagonal
Santa Cruz                     4 X 1   Flamengo de Arcoverde
Vitória                            2 X 3  
Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  1 X 2   Central
Flamengo de Arcoverde  2 X 1   Náutico(Arcoverde)
Flamengo de Arcoverde  2 X 0  Santa Cruz(Arcoverde)
Flamengo de Arcoverde  1 X 2   Sport
Flamengo de Arcoverde  2 X 1   Vitória(Caruaru)
Flamengo de Arcoverde  3 X 1   Central(Arcoverde)
Náutico                           2 X 0 
Flamengo de Arcoverde
Sport                              5 X 1   
Flamengo de Arcoverde
Sport Campeão Invicto. Flamengo de Arcoverde vice-campeão.

Flamengo de Arcoverde com seu time de aspirantes em 1994 – Foto: Blog Esporte News

A eliminação da Copa Pernambuco em 94. 
A equipe iria jogar fora diante do Vitória, porém faltou jogadores que tinham apenas 8. E o transporte foi cedido mas a diretoria não foi até a cidade de Vitória de Santo Antão. E perdeu por W.O. A Federação puniu com 6 meses de afastamento.

1995. O retorno as competições estaduais. 
O time voltou a pisar nos gramados pernambucanos e retornou a disputar a Copa Pernambuco, a equipe ficou em uma chave muito complicada que se classificariam dois times. O grupo era formado assim:
Flamengo
Sete de Setembro
Vitória
Serrano
Centro Desportivo Gravataense

Os jogos de ida e volta e os resultados.
Sete de Setembro          2 X 2 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Vitória
Serrano                          0 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Centro Gravataense
Flamengo de Arcoverde  5 X 1 Sete de Setembro
Vitória                            3 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Serrano
Centro Gravataense       2 X 3 
Flamengo de Arcoverde  

Triangular Classificatório para final
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Elmo
Ypiranga                         0 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Elmo                               0 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Ypiranga
No último jogo contra o Ypiranga em Arcoverde, um lance que o jogador Zé Galego fez uma grande jogada e o auxiliar levantou a bandeira marcando impedimento que revoltou a torcida e que atirou um objeto no campo, e a FPF puniu com a perca do mando de campo que seria em Arcoverde o primeiro jogo, e foi transferida para Ilha do Retiro.

Final. 1º Jogo
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Vitória
2º Jogo
Vitória                            1 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Desportiva Vitória Campeã. Flamengo de Arcoverde Vice-campeão.

Flamengo de Arcoverde em 1995 – Foto: Reporter GM (Facebook)
Campeonato Pernambucano da 2ª Divisão em 1996.

A GLÓRIA DO CLUBE.
Jogos da equipe.
Flamengo de Arcoverde  2 X 0 Estudantes
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Iº de Maio
Grêmio Petrolândia         0 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  5 X 1 Serrano
Surubim                          2 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Recife
Palmares                         2 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Petribú
Elmo                               1 X 0 Flamengo

Flamengo de Arcoverde  5 X 0 Ferroviário do Recife
Flamengo de Arcoverde  2 X 0 Íbis
O Flamengo conquistava o 1º turno da segundona. 
2º Turno
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Ferroviário do Recife
Serrano                          0 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Estudante                       1 X 1  
Flamengo de Arcoverde  
Íbis                                1 X 2 Flamengo
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Elmo
Petribú                           1 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Recife                            4 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Surubim
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Palmares
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Grêmio Petrolândia
1º de Maio                      1 X 1 
Flamengo de Arcoverde 
Finais.
1º Jogo
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 1º de Maio (Arcoverde)
2º Jogo
1º de Maio                      1 X 1 Flamengo de Arcoverde  (Petrolina)
Prorrogação. 0 x 1
Flamengo de Arcoverde – CAMPEÃO da 2ª Divisão 1996
Iº de Maio – Vice-campeão.

Copa Pernambuco – Campeão Moral. 
Jogos:
Palmares                         1 X 2 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  4 X 2 Cabense
Central                           1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  3 X 1 Centro Limoeirense
Flamengo de Arcoverde  5 X 0 Recife
Porto                              1 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Serrano                          1 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Quadrangular Classificatório para final.
Cabense                          1 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Porto                              2 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Central
Flamengo de Arcoverde  2 X 0 Cabense
Central                           1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Porto.
Com a derrota o Flamengo foi desclassificado para final, e perdeu a invencibilidade.

Durante a Copa Pernambuco o time folgou e jogou um amistoso diante do Santa Cruz em Arcoverde. E o time venceu os corais por 1 a 0.

Flamengo de Arcoverde em 1996 – Foto: Everaldo Siqueira (Facebook)
1997- Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão. 
Antes da competição o Flamengo realizou um amistoso diante do Sport e venceu por 2×1.
Jogos do Flamengo no estadual naquele ano.
Vitória                            1 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Porto
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Sport
Cabense                          1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Iº de Maio                      2 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Recife
O Flamengo se classificava para a segunda fase e garantia vaga na 1ª Divisão em 98.
Segunda-fase
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Cabense
Sport                             2 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Santa Cruz                     2 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 3 Náutico
Recife                            0 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Terceira-Fase
Recife                            3 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Central
Porto                              1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Náutico                          0 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Vitória
O time ficou na 7ª colocação o que lhe garantiu a inédita classificação para o campeonato Brasileiro da 3ª divisão para aquele mesmo ano de 1997, confiram os jogos do clube:

Campeonato Brasileiro Série-C em 1997. 
ASA                               3 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Centro Limoeirense
Juazeiro                         5 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Juazeiro
Centro Limoeirense        0 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 ASA. 
O time não fez uma boa campanha na competição obtendo 3 derrotas e 2 empates e apenas 1 vitória sendo eliminado logo na 1ª fase da competição.
Copa Pernambuco – 1997.
Após campanha fraca no brasileiro da 3ª Divisão o time volta a participar da competição da Copa Pernambuco.
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Porto
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Ferroviário/ST
Serrano                          2 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Centro Limoeirense        0 X 2 Flamengo

Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Iº de Maio
Porto                              0 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Ferroviário/ST               0 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Serrano
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Centro Limoeirense
Iº de Maio                      2 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Triangular classificatório.
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Unibol
Serrano                          1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Unibol                             1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Serrano
Campeonato Pernambucano 1998.
Cabense                          1 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Recife
Santa Cruz                     2 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 0 Iº de Maio
Ferroviário/ST               1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 3 Sport
Central                           2 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Porto                              1 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Náutico
Grêmio Petrolândia         0 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 3 Vitória

Quadrangular classificatório.
Grêmio Petrolândia         2 X 4 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Cabense
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Recife
Recife                            3 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Cabense                          1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  3 X 0 Grêmio Petrolândia

Hexagonal Classificatório
Central                           2 X 3 Flamengo de Arcoverde  
Iº de Maio                      1 X 3 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 4 Vitória
Flamengo de Arcoverde  3 X 0 Cabense
Grêmio Petrolândia         4 X 3 
Flamengo de Arcoverde  .
O time do Flamengo garantiu a classificação para 1ª Divisão de 1999 após o Central ser derrotado em casa para o Vitória por 2 a 0.

Copa Pernambuco 1998. 
Com nova diretoria o time participou da edição.
Jogos
Sete de Setembro          2 X 2 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Sport
Central                           0 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Recife
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Central
Sport                              1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  4 X 0 Sete de Setembro
Recife                             1 X 3 
Flamengo de Arcoverde  
Play off
Porto                              1 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Porto
Flamengo de Arcoverde  (1)0 x 0(3) Porto
Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão 1999.
(TV Pernambuco transmite os jogos e dois foram do Time). 
Jogos:
Vitória                            3 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Ferroviário/ST               3 X 3 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Unibol
Santa Cruz                     3 X 0 
Flamengo de Arcoverde  (Jogo da TV)
Náutico                          3 X 0 
Flamengo de Arcoverde  (Jogo da TV)
Flamengo de Arcoverde  3 X 0 Surubim
Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Recife
Flamengo de Arcoverde  1 X 3 Sport
Porto                              3 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Quadrangular Classificatório
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Ferroviário/ST
Porto                              2 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Surubim
Surubim                          1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Porto
Ferroviário/ST              2 X 0 Flamengo

Quadrangular do rebaixamento.
Flamengo de Arcoverde  2 X 2 Ferroviário/ST
Recife                            3 X 0 Flamengo

Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Surubim
Surubim                         0 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 2 Recife
Ferroviário/ST               2 X 0 Flamengo
Flamengo era rebaixado naquele ano. E o declínio se iniciava.

2000 Segunda Divisão novamente.
Jogos
(Ida)
Sete de Setembro          2 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Ypiranga
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 AGA
Centro Limoeirense         1 X 0 Flamengo
Surubim                          2 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
(Volta)
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Surubim
AGA                               3 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Centro Limoeirense
Ypiranga                         2 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 3 Sete de Setembro
Flamengo de Arcoverde Eliminado na 1ª fase.
Campeonato Pernambucano 2ª Divisão 2001.
Time estava com patrocinador forte porém perdeu mando de jogo por eventos de comerciários no Estádio municipal e obrigou a jogar fora.
Jogos:
(Ida)
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Sete de Setembro
Surubim                          1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  4 X 2 Decisão
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Ypiranga
Jogos
(volta)
Ypiranga                         1 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Decisão                           1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  3 X 0 Surubim
Sete de Setembro          1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Segunda fase classificatória. Time joga fora dos domínios.
Unibol                             3 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 I° de Maio(Santa Cruz do Capibaribe)
Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Unibol(Santa Cruz do Capibaribe)
Iº de Maio                      1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  

Campeonato da 2ª Divisão muda de nome para Série-A2 em 2002. 
Time volta fraco e tem jogos fora de casa devido a evento dos comerciários.
Jogos
Ramalat                          4 X 2 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  4 X 2 Egipciense
Iº de Maio                      1 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 2 Itacuruba
Itacuruba                       1 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  3 X 2 Iº de Maio
Egipciense                      1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Ramalat
Segunda – Fase
Flamengo de Arcoverde  0 X 2 Iº de Maio
A.E. Barreiros                 5 X 1 Flamengo

Flamengo de Arcoverde  2 X 1 A.E. Barreiros(Santa Cruz do Capibaribe)
Iº de Maio                      1 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Campeonato Pernambucano Série-A2 2003. 
Péssima campanha
Jogos:
Serrano                          1 X 0 Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  4 X 2 Grêmio Petrolândia
Ramalat                          4 X 0 Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Ramalat
Grêmio Petrolândia         4 X 1 Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Serrano
Segunda fase.
Ferroviário do Cabo        1 X 1 Flamengo
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 A.E. Barreiros
Flamengo de Arcoverde  0 X 3 Ferroviário do Cabo
A.E. Barreiros               10 X 3 
Flamengo de Arcoverde  

Após uma campanha desastrosa no campeonato pernambucano da série A2 de 2003, o time do Flamengo de Arcoverde resolveu se afastar das competições profissionais para tentar reorganizar o futebol, tanto na parte técnica como financeira, e com isso seu retorno se deu apenas no ano de 2008 novamente pelo campeonato pernambucano da série A2.

O retorno em 2008 na Série-A2.
O retorno do clube criou bastante expectativa para os torcedores de Arcoverde que voltariam a ver o futebol profissional novamente na cidade, porém o time do Flamengo de Arcoverde, não fez boa campanha e mais uma vez foi eliminado logo na 1ª fase da A2.

Jogos.

Pesqueira                        0 X 2 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 Belo Jardim
Iº de Maio                      4 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Afogadense
Flamengo de Arcoverde  0 X 2 Pesqueira
Belo Jardim                    0 X 3 
Flamengo de Arcoverde  
Afogadense                    1 X 0 Flamengo

Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Iº de Maio

Série-A2 em 2009. 50 anos do clube. 
Jogos.
Flamengo de Arcoverde  3 X 1 Pesqueira
Araripina                        3 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Afogadense                    3 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 2 Belo Jardim(Pesqueira)
Iº de Maio                      2 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Pesqueira                        2 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 2 Araripina
Belo Jardim                    1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Afogadense
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 Iº de Maio

Flamengo de Arcoverde em 2009 – Foto: Blog Esportes News
Copa Pernambuco 2011.
No ano de 2011, o clube voltou a disputar a Copa Pernambuco onde caiu em um grupo com o Sport Recife e o EC de Carnaíba, e mais uma vez o clube realizou uma péssima campanha, sendo eliminado novamente na 1ª fase. 
Flamengo de Arcoverde  0 X 2 Sport
Carnaíba                         4 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Sport                              6 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 4 Carnaíba.

Flamengo de Arcoverde em 2011 – Foto: Blog Esportes News
Série-A2 2013. 
(Campanha desastrosa e jogos realizados fora dos domínios.)
Jogos:
(Ida)
Sete de Setembro          2 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 2 Serrano(Buíque)
Altinho                           4 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  4 X 1 Araripina(Buíque)
Jogos
(Volta)
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Sete de Setembro(Buíque)
Serrano                          2 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 2 Altinho(Buíque)
Araripina                        9 X 0 Flamengo.
Série-A2 2015. 
Péssima campanha
Afogados da Ingazeira   3 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 3 Belo Jardim
Petrolina                         3 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Serrano
Araripina                        1 X 1 
Flamengo de Arcoverde  
Jogos:
(Volta)
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 Araripina
Serrano                             X   
Flamengo de Arcoverde  W.O para o Flamengo
Flamengo de Arcoverde  0 X 3 Petrolina
Belo Jardim                    2 X 0 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 2 Afogados da Ingazeira.

O retorno a elite do pernambucano e o bi-campeonato 2016.

Flamengo de Arcoverde Campeão em 2016 – Foto: Blog Esportes News

Com nova diretoria o time faz parceria com o Porto de Caruaru.

Jogos.


Centro                            0 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  3 X 2 Ferroviário do Cabo
Timbaúba                        1 X 2 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  3 X 1 Íbis
Vera Cruz                       0 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Afogados da Ingazeira
Barreiros                        2 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  5 X 0 Cabense

Mata-mata.


Íbis                                0 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Íbis

Semi-final


Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Cabense
Cabense                          1 X 4 Flamengo de Arcoverde  

Final


Afogados da Ingazeira   1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  

Flamengo de Arcoverde bi-campeão da Série-A2 2016.       
2017 – Depois de 20 anos o clube volta a disputar a elite do futebol pernambucano. 

Flamengo de Arcoverde  2 X 1 Belo Jardim
Afogados da Ingazeira    1 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Vitória
Salgueiro                        2 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Atlético-PE 
Central                           0 X 0 Flamengo de Arcoverde  

O time somou 09 pontos ficando na 4ª colocação e teve a obrigação de disputar o hexagonal da permanência. 


Jogos (Ida).

Afogados da Ingazeira   1 X 3 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 0 Atlético-PE
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 América-PE
Vitória                            3 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  3 X 2 Serra Talhada

Jogos(Volta).

Serra Talhada                 1 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 Vitória
América                          1 X 2 
Flamengo de Arcoverde  
Atlético-PE                     2 X 6 
Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  2 X 2 Afogados


Flamengo de Arcoverde sagrou-se Campeão do Hexagonal da Permanência e garantiu uma vaga para a Série-D do Brasileiro em 2018.

O Flamengo Sport Clube depois de 21 anos enfrentava um dos grandes na estréia do pernambucano 2018, e a partida foi diante do atual campeão 2017, que foi o Sport. Veja os jogos do Tigre durante o estadual e quase caía para Série-A2 2019, no último jogo a equipe venceu o Vitória por 2 á 0 na Arena-PE. 
Flamengo de Arcoverde  0 X 0 Sport 
Belo Jardim                    1 X 1 Flamengo de Arcoverde  
Central                           0 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 Afogados da Ingazeira
Flamengo de Arcoverde  0 X 1 Pesqueira
Salgueiro                        2 X 2 Flamengo de Arcoverde  
Náutico                           1 X 0 Flamengo de Arcoverde  
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 Santa Cruz
Flamengo de Arcoverde  1 X 1 América/PE
Vitória                           0 X 2 Flamengo de Arcoverde 

O time ficou na 9ª colocação e garantiu a permanência na Série-A1 pernambucano 2019.

Pelo Campeonato Brasileiro da Série D de 2018 o Tigre do Sertão caiu em um grupo considerado como o da morte o grupo A8, pois lá estavam o Campinense da Paraíba, o Fluminense de Feira de Santana da Bahia e o Murici de Alagoas, com isso o Flamengo de Arcoverde mais uma vez não realizou uma boa campanha e caiu mais uma vez na 1ª fase da competição, confiram os resultados:

Flamengo de Arcoverde  2×1  Murici/AL
Fluminense de Feira/BA 5×0  Flamengo de Arcoverde

Flamengo de Arcoverde  1×2  Campinense/PB
Campinense/PB               3×0  Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  0x4  Fluminense de Feira/BA
Murici/AL                       1×1   Flamengo de Arcoverde   

O ano passou e mais um campeonato pernambucano chegou e mais uma vez o Flamengo de Arcoverde não conseguiu realizar uma boa campanha e no ano de 2019, o clube acabou sendo rebaixado a Série A2 do campeonato estadual no ano de 2020. 

Confiram os jogos do clube:

Sport Recife                  2×3  Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  1×1  Santa Cruz
Salgueiro                        4×3  Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde  0x2  Central
Náutico                           4×2  Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde   1×1  Vitória
Petrolina                         2×0  Flamengo de Arcoverde
Afogados da Ingazeira    2×1  Flamengo de Arcoverde
Flamengo de Arcoverde   2×1  América do Recife

Após a fraca campanha no Pernambucano da Série A1 de 2019, o clube amargou a 9ª colocação e terminou sendo rebaixado para a Série A2 de 2020,

O Flamengo Sport Club de Arcoverde é sem sombra de dúvidas um dos clubes mais tradicionais do interior pernambucano.

Abaixo a linha do tempo dos escudos já utilizados pelo clube em seus 60 anos de história.

enteFLAMENGO SCA-1.pngFLAMENGO SCA-2.pngFlamengoECDA.pngFlamengoSCDA.pngFlamengoECDA.png

FONTES: Blog Esportes News, Futebol Nacional, RSSSF Brasil, Acervo digital do Diário de Pernambuco e Wikipédia.

Torneio Seletivo de 1977 – Segunda Divisão

Por Henrique Martins
28 de Abril de 2019

1ª Rodada
28/08/1977


Central Barreiros 0-1 Ferroviário      
A.G.A. 3-0 Independente
União Peixe 3-2 Íbis
DR-5 1-0 Santo Amaro
Maguari 3-2 Flamengo

2ª Rodada
04/09/1977

DR-5              1-2 Ferroviário      
Central Barreiros 1-3 Íbis
União Peixe 1-1 Maguari
Flamengo 0-1 A.G.A.
Independente 2-0 Santo Amaro

3ª Rodada
07/09/1977

DR-5              1-1 Íbis             
Central Barreiros 0-4 Maguari
A.G.A. 0-1 União Peixe
Flamengo 3-0 Independente
Ferroviário 2-0 Santo Amaro

4ª Rodada
11/09/1977

Maguari           2-0 DR-5             
A.G.A. 7-1 Central Barreiros
União Peixe 2-1 Independente
Flamengo 0-0 Santo Amaro
Ferroviário 2-0 Íbis

5ª Rodada
17/09/1977

Santo Amaro       0-0 Íbis             
18/09/1977

DR-5 2-0 A.G.A. Independente 3-1 Central Barreiros União Peixe 1-1 Flamengo Maguari 2-0 Ferroviário


6ª Rodada
25/09/1977

DR-5              2-0 Independente     
Central Barreiros 2-2 Flamengo
União Peixe 2-2 Santo Amaro
A.G.A. 0-1 Ferroviário
Maguari 3-2 Íbis

7ª Rodada
02/10/1977

DR-5              1-3 Flamengo         
Central Barreiros 2-3 União Peixe
Maguari 1-1 Santo Amaro
Independente 0-0 Ferroviário
A.G.A. 2-1 Íbis

8ª Rodada
09/10/1977

DR-5              0-2 União Peixe       
Central Barreiros 1-3 Santo Amaro
Flamengo 0-2 Ferroviário
Independente 1-1 Íbis
A.G.A. 0-1 Maguari

9ª Rodada
16/10/1977
DR-5              1-0 Central Barreiros
A.G.A. 1-1 Santo Amaro
União Peixe 1-1 Ferroviário
Flamengo 2-0 Íbis
Maguari 0-1 Independente

CLASSIFICAÇÃO PG J V E D GP GC SG
   Maguary
14 9 6 2 1 17 7 10
   Ferroviário
14 9 6 2 1 11 4 7
   União Peixe
14 9 5 4 0 16 10 6
  4º AGA
9 9 4 1 4 14 8 6
  5º Flamengo
9 9 3 3 3 13 10 3
   DR-5
9 9 4 1 4 9 10 -1
   Independente
8 9 3 2 4 8 12 -4
   Santo Amaro
7 9 1 5 3 7 10 -3
   Íbis
5 9 1 3 5 10 15 -5
  10º Central Barreiros
1 9 0 1 8 8 27 -19
Time do Maguary de Bonito – Foto: Acervo da Bola
Fontes: RSSSF Brasil, Wikipédia, Acervo da Bola, Blog a História do Futebol

Copa Pernambuco – 1995

Por Henrique Martins
20/04/2019

Em 1995, a Copa Pernambuco teve sua segunda edição, o campeonato seguiu sendo realizado no segundo semestre, servindo como o preparatório para o campeonato pernambucano da 1ª divisão do ano seguinte para alguns clubes do interior.
No ano de 1995 tivemos a participação de vários clubes amadores, pelo interior do estado, várias equipes bem tradicionais no cenário amador da década de 60, 70 e 80, em uma boa tentativa da Federação Pernambucana de Futebol de profissionalizar o esporte no interior de Pernambuco, vamos aos participantes.

Totalizando um total de 10 clubes participantes a equipes foram divididas em dois grupos:

Ypiranga
Stª Cruz do Capibaribe
Otávio Limeira
Flamengo
Barreiros
Luiz Brito de Melo
Elmo
Jaboatão
Jefferson de Freitas
Locomoção
Jaboatão
Jefferson de Freitas
Grêmio Petribu
Lagoa de Itaenga
Municipal de Carpina

Grupo A
Grupo B
Sete de Setembro
Garanhuns
Gigante do Agreste
Flamengo
Arcoverde
Áureo Bradley
Vitória
Vitória de Stº Antão
Carneirão
Serrano
Serra Talhada
Nildo Pereira de Menezes
Centro Gravataense
Gravatá
Erasmo Feitosa

O título da segunda edição da Copa Pernambuco ficou com a Desportiva Vitória, que na década de 90 era o time sensação do interior pernambucano, tal como é o time do Salgueiro nos dias de hoje, o vice campeonato ficou com o Flamengo de Arcoverde, que havia sido punido pela FPF no ano anterior.

O interessante da Copa Pernambuco de 1995, foi a participação de 06 clubes amadores que foram o Flamengo de Barreiros, os tradicionais Elmo e Locomoção de Jaboatão dos Guararapes, o Grêmio Petribu de Lagoa de Itaenga, que mandava seus jogos em Carpina, o Serrano Futebol Clube de Serra Talhada que o ano de 1995 foi seu último no amadorismo e também o tradicional Centro Gravataense de Gravatá!.

Mais uma vez, não encontrei registros da tabela da competição, porém me comprometo a trazer a mesma assim que encontrar, fica então assim registrada mais uma edição da Copa Pernambuco em nosso Acervo Futebolístico Pernambucano.

Fonte principal, Gilson Martins do Blog Esporte News

Obs. O escudo do Flamengo de Barreiros não é oficial, vide que em minhas pesquisas não encontrei registros do clube, sabendo apenas que o clube também é rubro negro, coloquei o escudo do Flamengo Futebol Clube de São Gonçalo do Rio de Janeiro.

Copa Pernambuco – 1994

Por Henrique Martins, 18 de abril de 1994

A Copa Pernambuco de Futebol, foi uma competição de futebol a âmbito estadual entre clubes de futebol de Pernambuco. Era geralmente realizada no final do ano e servia como preparo para o Campeonato Pernambucano. Teve 18 edições e sua última edição foi em 2012, quando o Santa Cruz se sagrou campeão. Tem como maiores campeões o Santa Cruz e o Recife FC ambos com quatro conquistas no certame.

A Copa Pernambuco de Futebol, foi criada em 1994 com o intuito de ser um torneio preparatório de Pré-temporada para o Campeonato Pernambucano e que reunisse todas as equipes profissionais e ativas filiadas à federação pernambucana. Era também uma forma de alavancar o desenvolvimento do futebol de equipes de menor tradição. Para esses clubes também teria a oportunidade de enfrentar um “clube grande” durante a competição, seja com a equipe profissional ou base e o respaldo das equipes do interior do estado.

Em 2006, chegou a ser suspensa por falta de incentivos e interesse das equipes, voltando a ser disputada ano seguinte. Já em 2012, houve a última edição do torneio que teve o Santa Cruz como último campeão, conquistando seu quarto título.

Hoje no nosso Acervo Futebolístico estaremos iniciando a busca pelos clubes participantes de cada competição, começando com sua primeira edição, a de 1994.


Acima os noves participantes da 1ª edição da Copa Pernambuco, no ano de 1994, onde o Ypiranga de Santa Cruz do Capibaribe foi o 1º grande campeão e a Desportiva Vitória ficou com o vice-campeonato.

A competição teve inicio no 2º semestre e serviu como preparação para para os clubes do interior para o campeonato pernambucano de 1995, o Flamengo de Arcoverde desistiu pouco antes da competição ter início e foi punido pela federação pernambucana de futebol com 02 anos de suspensão.

Infelizmente não conseguimos a tabela da competição em minhas pesquisas, porém assumo o compromisso de publica-la assim que a encontrar, antemão, a primeira edição da competição fica registrada em nosso Acervo Futebolístico Pernambucano.




Fontes: Wikipédia
Agradecimentos: Gilson Martins do Blog Esportes News, por ter fornecido as informações dos clubes participantes.