Arquivo da categoria: Sertão do São Francisco

América Futebol Clube de Petrolina – 01 participação na Copa do Interior

Por José Henrique, 15 de maio de 2020

FICHA DO CLUBE
NOME OFICIAL: América Futebol Clube
FUNDAÇÃO: Década de 1950
LOCALIZAÇÃO: Petrolina – Sertão do São Francisco
CORES OFICIAIS: Vermelho e Branco
MASCOTE: ???
CAMPO OS ESTÁDIO: Municipal Paulo Coelho – 5.000
STATUS ATUAL: Amador

O América Futebol Clube, é um time de futebol amador que está sediado na cidade de Petrolina, localizada no Sertão do São Francisco de Pernambuco, o Alvirrubro Petrolinense foi fundado na década de 1950, e é um dos clubes mais tradicionais do futebol amador da cidade.

América Futebol Clube em 1966 – Foto: Página Oficial do América Futebol Clube de Petrolina no Facebook

O Clube é provavelmente o maior campeão de Petrolina, pois em minha pesquisa consegui localizar pelo menos 09 títulos do certame de Petrolina (1956, 1962, 1963, 1964, 1965, 1972, 1978, 1988, 1994) e fontes noticiam um tetracampeonato na década de 1970, porém sem mencionar os anos.

Durante a Década de 1970, o clube alterou sem nome para América Lítero Esportivo, e retomando o nome atual já na década de 1980 quando disputou sua única competição a nível estadual, a Copa do Interior de 1980 onde o clube acabou caindo no Grupo 3 junto com as fortes equipes da AGA de Garanhuns, América de Sertânia, Cultura de Belo Jardim, Flamengo de Arcoverde e União Peixe de Pesqueira e foi eliminado logo na 1ª fase, infelizmente não consegui localizar os resultados do América na Copa.

América Futebol Clube em 1988 – Foto: Página Oficial do América Futebol Clube de Petrolina no Facebook

Desde então o América voltou suas atenções para o Campeonato Petrolinense onde conquistou vários títulos, porém não voltou mais para competições estaduais.

UM MOMENTO HISTÓRICO

No ano de 1973 o lendário jogador Garrincha jogou no América Lítero Esportivo de Petrolina, foi por apenas 01 jogo, mais ficou marcado na história do futebol Petrolinense.

Foto: Página Oficial do América Futebol Clube – Petrolina/PE

A visita de Mané Garrincha fez com que as cidades, separadas pelo rio São Francisco, se unissem para ver o craque jogar. A notícia de que Garrincha estaria na região mexeu com o povo e com a imprensa local. Na época, o jovem radialista Domingos Sávio Ventura Brandão, conhecido como Sivuca, foi um dos responsáveis pela cobertura do evento.

– Foi uma cobertura grande, porque foi um evento excepcional. Tratava-se do melhor jogador do mundo. A imprensa deu grande destaque. Nós criamos muita expectativa sobre esse jogo – afirma Sivuca.

O NÃO A GARRINCHA

O confronto foi entre Veneza, de Juazeiro, e América, de Petrolina, no estádio Adauto Moraes, na cidade baiana. Antes do jogo, ficou combinado que o Mané jogaria um tempo em cada equipe, mas nem tudo saiu como o esperado. Quando estava no auge, o talento do ex-botafoguense era desejado por todos. Aos 40 anos de idade, no entanto, ele se viu rejeitado por um time amador.

– Fizeram um sorteio para ver em qual time ele jogaria primeiro, e deu Veneza. Aí atrasou para começar o jogo, e a gente esperando. Foi quando chegou a notícia de que o presidente do Veneza não aceitava Garrincha. Ele não queria mexer no time. O Veneza era muito bom. Não tinha vaga, nem sendo Garrincha – conta Marco Polo, um dos personagens do confronto.

Sendo assim então o jogou o jogo inteiro pelo América, para alegria da torcida Americana, e jogando os dois tempos no América, a vitória ficou mais fácil: 3 a 1, apesar de Garrincha não ter marcado.

E assim encerramos nossa semana com os clubes Petrolinenses em nosso Acervo Futebolístico Pernambucano, Espero humildemente que tenham curtido essa série de postagens sobre os antigos clubes da cidades.

FONTES:
Globo Esporte, Futebol BH, BND (Diário de Pernambuco).

Escudos e Uniformes desenhados por José Henrique, administrador do Acervo Futebolístico Pernambucano.

Curioso com mais histórias sobre os antigos clubes pernambucanos? Então acessem nosso link: https://acervofutebolisticope.wordpress.com/

Publicidade

Palmeiras Esporte Clube de Petrolina

Por José Henrique, 14 de maio de 2020.

FICHA DO CLUBE
NOME OFICIAL: Palmeiras Esporte Clube
FUNDAÇÃO: 07 de setembro de 1949 (ou 1945)
LOCALIZAÇÃO: Petrolina – Sertão do São Francisco
CORES OFICIAIS: Verde e Branco
MASCOTE: Periquito
CAMPO OS ESTÁDIO: Municipal Paulo Coelho – 5.000
STATUS ATUAL: Amador

O Palmeiras Esporte Clube, é um tradicional clube do futebol Amador que esta sediado na cidade de Petrolina, localizada no Sertão do São Francisco Pernambucano.

O Alviverde Petrolinense foi fundado em 07 de setembro de 1949, mais há testemunhas que dizem que o clube já existe desde 1945, tem como maiores rivais o América Futebol Clube e o Centro Social Caiano.

Em sua história grande história no futebol amador o clube já esteve presente em duas Copas do Interior, em 1968 e 1981 respectivamente onde no ano de 1981 o time fez brilhante campanha e chegou inclusive na final que seria disputada contra o Flamengo de Arcoverde, porém escalações irregulares de jogadores fizeram o clube ser eliminado da competição.

Time do Palmeiras na Década de 1980 – Foto: América Futebol Clube Petrolina (Facebook)

O Palmeiras, ao longo de seus quase 71 anos chegou a disputar também uma edição da antiga 3°divisão pernambucana, porém não conseguimos encontrar o ano desta participação.

E além das participações em competições estaduais, o time do Palmeiras de Petrolina conquistou pelo menos 06 títulos locais, foram eles em 1968, 1975, 1983, 1999, 2002 e 2011.

FONTES:
História do Futebol, BND (Diário de Pernambuco), Futebol Nacional

Foto Retirada da Página Oficial do América Futebol Clube de Petrolina no Facebook

Escudos e Uniformes redesenhados por José Henrique, Administrador do Acervo Futebolístico Pernambucano.

Quer descobrir sobre mais clubes antigo de Pernambuco? Então continue navegando em nosso Acervo!
Link: https://acervofutebolisticope.wordpress.com/

Náutico Esporte Clube – 01 participação na 3ª divisão

Por José Henrique, 13 de maio de 2020

FICHA DO CLUBE

NOME OFICIAL: Náutico Esporte Clube
FUNDAÇÃO: Década de 1950
LOCALIZAÇÃO: Petrolina – Sertão do São Francisco
CORES OFICIAIS: Vermelho e Branco
MASCOTE: ???
CAMPO OS ESTÁDIO: Municipal Paulo Coelho – 5.000
STATUS ATUAL: Amador

O Náutico Esporte Clube ou apenas Náutico de Petrolina, é um clube de futebol que está sediado na cidade de mesmo nome, fundado na década de 1950, o clube sempre foi um assíduo participante do campeonato Petrolinense promovida pela Liga Desportiva Petrolinense, filiada a FPF-PE.

Time do Náutico de Petrolina – Foto retirada da página oficial do América Futebol Clube (Facebook)

Sua única participação em uma competição oficial de Pernambuco aconteceu no ano 2000, quando o clube participou da antiga 3ª divisão pernambucana, onde na competição o clube eliminou o Salgueiro (Salgueiro), a Sociedade Egipciense (São José do Egito) e sendo eliminado já nas semifinais pelo Comercial (Pesqueira) nos pênaltis.

Após a eliminação o clube nunca mais retornou para a competição e voltou suas atenções para o campeonato citadino.

Fonte
História do Futebol, RSSSF Brazil, Futebol Nacional.

Foto
Página oficial do América Futebol Clube de Petrolina – Facebook

Escudo redesenhado por José Henrique, Administrador do Acervo Futebolístico Pernambucano.

Centro Social Caiano – 01 participação na Copa do Interior e 3ª divisão pernambucana

Por José Henrique, 11 de maio de 2020

Ficha do Clube
NOME OFICIAL: 
Caiano Esporte Clube
FUNDAÇÃO: 08 de novembro de 1963
LOCALIZAÇÃO: Petrolina – Sertão do São Francisco
CORES OFICIAIS: Vermelho, Verde e Branco
MASCOTE: ???
CAMPO OS ESTÁDIO: Municipal Paulo Coelho – 5.000
STATUS ATUAL: Amador/Mudou de Nome

Fundado no ano de 1963 como Centro Social Caiano, é um dos clubes mais tradicionais de Petrolina sendo dono de pelo menos 10 títulos do Campeonato Petrolinense, também participou de uma edição da Copa do Interior no ano de 1968 e também na 3ª divisão pernambucana em 1999.

O clube foi fundado em 1963, pelos funcionários da indústria Coelho e logo se filiou a Liga Petrolinense de Desportos, ganhando destaque ao disputar grandes jogos conta o América e o Palmeiras de Petrolina, conquistando assim o título de 1967 e sendo convidado a disputar a primeira Copa do Interior em 1968.

Foto: Acervo do América Futebol Clube de Petrolina – Facebook

A competição que foi dividida em três grupos regionalizados, fez com que o Caiano enfrenta-se os seguintes clubes:

AGA de Garanhuns;
América de Sertânia;
Associação Bancária de Arcoverde;
Comercio de Arcoverde;
Palmeiras de Petrolina;
São João de São João;
União de Afogados da Ingazeira.

Infelizmente não conseguimos encontrar todos os resultados desta competição, por ser amadora e antiga, os jornais não cobriam 100% da competição, este foram os resultados localizado:

Caiano 2-1 Palmeiras de Petrolina
Comércio(A) 2-1 Caiano
América(S) 0-0 Caiano
São João 2-1 Caiano
Caiano 4-1 América(S)
Caiano 1-2 AGA
AGA 3-1 Caiano

O Tricolor Petrolinense foi eliminado logo na 1ª fase, voltando assim suas atenções para o Campeonato Petrolinense.

Ainda durante a década de 1970 o clube alterou seu nome para Caiano Sport Clube e também mudou o escudo e uniforme, e nesse período (década de 70 e 80) o clube disputou os campeonatos de Petrolina onde sempre protagonizou vários clássicos locais contra América e Palmeiras de Petrolina, e conquistou vários títulos chegando inclusive a ser tricampeão em 1985, 1986 e 1987.

Foto: Acervo do América Futebol Clube de Petrolina – Facebook

Sua última competição a nível estadual aconteceu no ano de 1999 com o nome de Caiano Esporte Clube e escudo diferente, quando participou da extinta 3ª divisão pernambucana, neste ano o clube foi eliminado na 2ª fase pelo Ramalat Sport Club (que viria a ser campeão da competição).

Escudo de 1999 – Futebol Nacional

E assim o tricolor mais uma vez o clube voltou suas atenções para o campeonato Petrolinense, onde disputa até os dias atuais, onde também voltou a ter o nome de Centro Social Caiano e também mudou o escudo.

TÍTULOS

Campeão Petrolinense – 1967, 1969, 1970, 1985, 1986, 1987, 1991, 1997, 2013.

FONTES:
Futebol Nacional, RSSSF Brasil, História do Futebol, Biblioteca Nacional Digital (Diário de Pernambuco).

FOTOS:
Pagina Oficial do América Futebol Clube de Petrolina no Facebook.

Escudos Redesenhados Por José Henrique, Administrador do Blog Acervo Futebolístico Pernambucano.

1º de Maio de Petrolina – Escudo e Uniforme de 2002

Por José Henrique M. Feitosa, 07 de abril de 2020

No ano de 2002 o 1º de Maio Esporte Clube foi vice campeão do Campeonato Pernambucano da segunda divisão, quando ficou em 2º lugar no quadrangular final atrás do Itacuruba Sport club, confira a campanha da Arara-Azul nesta segundona.

1ª Fase

Egipciense 0-2 1º de Maio - Pereirão - São José do Egito
1º de Maio 2-2 Flamengo - Paulo Coelho/Petrolina
Ramalat    1-1 1º de Maio - Bigodão/Ouricuri
1º de Maio 2-0 Itacuruba - Paulo Coelho/Petrolina
1º de Maio 1-0 Ramalat - Paulo Coelho/Petrolina
Itacuruba  5-1 1º de Maio - Gaudenção/Itacuruba
Flamengo   3-1 1º de Maio - Áureo Bradley/Arcoverde
1º de Maio  -  Egipciense - Paulo Coelho/Petrolina (Sem dados)

2ª Fase

Flamengo       0-2 1º de Maio - Áureo Bradley/Arcoverde
1º de Maio     W.O A.E. Barreiros - Paulo Coelho/Petrolina
1º de Maio     1-0 Flamengo - Paulo Coelho/Petrolina
A.E. Barreiros 1-2 1º de Maio - Luiz Brito de Melo/Barreiros

Quadrangular Final

Egipciense 2-0 1º de Maio - Pereirão - São José do Egito
1º de Maio 1-0 Íbis - Paulo Coelho/Petrolina
Itacuruba  1-1 1º de Maio - Gaudenção/Itacuruba
1º de Maio 0-0 Itacuruba - Paulo Coelho/Petrolina
Íbis       1-1 1º de Maio - Aflitos/Recife
1º de Maio 1-1 Egipciense - Paulo Coelho/Petrolina

FONTES:
Rsssf Brasil e Wikipédia

Copa do Interior das Liga Municipais

Por José Henrique M. Feitosa, 10 de março de 2020

O ano é 2020, ano de Copa do Interior das Ligas Municipais, competição que reúne as seleções Municipais filiadas a Federação Pernambucana de Futebol como o próprio nome já diz.

É o principal campeonato amador do estado de Pernambuco, por conseguir mobilizar tantas cidades, e levar o público as estádios, para acompanhar a competição que é disputada desde 1936, sendo que regularmente de dois em dois anos a partir de 1997.

O Futebol no interior já na década de 30 demonstrava o grande potencial que tinha para poder brilhar entres os grandes da capital, a maior prova disso foi foi o time do Central de Caruaru, que antes mesmo de entrar no Campeonato Pernambucano disputou e venceu com autoridade os vários amistosos com clubes da capital, que entre entre eles estavam o Torre, Flamengo de Recife e Atheniense.

Ainda na década de 1930, outra cidades também já se destacavam no futebol e outro exemplo era Limoeiro com os clubes Colombo e Centro Limoeirense, a cidade de Moreno com o Societé E.C, a cidade de Vitória de Santo Antão com o Sport Club Vitória e a cidade de Garanhuns o o time da AGA, essas cidades já demonstravam o grande interesse pelo esporte bretão aqui em Pernambuco, e todas sem exceção tinham pretensões de colocar seu representante no campeonato pernambucano.

Porém como todos devem saber não é fácil conseguir apoio e profissionalizar um time de futebol, ainda mais na década de 1930, a solução que essas cidades então encontraram foi a organização de um campeonato a parte, onde esses clubes pudessem representar suas cidades em uma Copa, e assim em 1936 com o apoio da FPD (antecessora da FPF-PE), surgiu o Campeonato Intermunicipal de Futebol com os seguintes clubes:

Central Sport Club – Caruaru
Sport Club Victoria – Vitória de Santo Antão
AGA – Garanhuns
Societé Esporte Clube – Moreno
Sport Club Santa Therezinha – Água Preta
Colombo Sport Club – Limoeiro
Comercial Sport Club – Ribeirão
Floresta Sport Club – Floresta dos Leões (Cidade de Carpina atualmente)

O grande campeão desta primeiríssima edição foi o time do Colombo Sport Club de Limoeiro, derrotando o Central de Caruaru na final.

Sendo assim desde a primeira edição em 1936 já tivemos um total de 44 edições já disputadas da Copa do Interior onde nem sempre o seu nome foi Copa do Interior e nem tão pouco sempre foi disputada apenas por seleções municipais durante esse final de semana pesquisei sobre a Copa do Interior e montei um grande quadro com todos os campeões da Copa do Interior, 03 quadros com as seleções campeãs e 01 quadro com os clubes campeões, confiram:

Com exceção de 1936 (ano em que nenhuma liga citadina tinha sido fundada), quando a Copa do interior foi disputada por clubes os motivos eram sempre os mesmos, as Ligas não estavam em dia com as obrigações perante a FPF-PE e a competição sempre era realizada com o campeão da cidade da liga que estava sem condições, esse fato aconteceu em 1962, 1964, 1965 pela Taça Pernambuco e em 1973, 1980 e 1981.

Outro fato bastante interessante, que em minha pesquisa pude encontrar e confirmar mais 03 campeões em edições nunca listadas antes, foram elas, 1954 (Liga Desportiva de Escada campeã), 1970 (Liga Desportiva Petrolinense campeã) e 1976 (Liga Desportiva de Goiana campeã), onde em várias listas na internet apontando os campeões de todas as edições não apontava esses anos, ou seja o Blog Acervo Futebolístico Pernambucano trás em primeira mão essas seleções campeãs que não foram listadas.

Matéria no ano de 1954 do Diário de Pernambuco, Foto – Diário de Pernambuco na BND
Recortes da data de 23 de março de 1971 – Imagens: Diário de Pernambuco na BND
Recortes do dia 26 de abril de 1976, quando a Copa do Interior foi disputada na categoria de Juvenis e vencida pela Seleção de Goiana – Imagens: Diário de Pernambuco na BND

Explicando uma situação aos leitores é que durante as décadas de 1960 e 1970 muitos campeonatos realizados em Pernambuco (principalmente os amadores) tinham o início no segundo semestre de um ano e finalizava entre março e maio do ano seguinte e com a Copa do Interior não foi diferente, pois Garanhuns campeão de 1969, conquistou o título em 1970, Petrolina campeão de 1970 conquistou seu título em 1971, Gravatá campeão de 1974, conquistou o título no ano de 1975, depois de denunciar que a seleção de Petrolina não tinha solicitado o alvará de funcionamento no ano de 1974, denuncia esta aceita pela Federação e entregando a taça ao time de Gravatá.

Outra explicação é que a Copa do Interior durante a década de 1970 foi inteiramente disputada na categoria de juvenis e juniores.

A Seguir as cidades que contam com uma Liga Desportiva Filiada a FPF-PE:

1) Cabo de Santo Agostinho, 2) Jaboatão dos Guararapes, 3) Ipojuca, 4) Olinda, 5) Paulista, 6) Abreu e Lima, 7) Igarassu, 8) Goiana, 9) Timbaúba, 10) Nazaré da Mata, 11) Carpina, 12) Camaragibe, 13) Paudalho, 14) Lagoa de Itaenga, 15) Limoeiro, 16) Surubim, 17) Toritama, 18) Santa Cruz do Capibaribe, 19) Vitória de Santo Antão, 20) Gravatá, 21) Bezerros, 22) Caruaru, 23) Cachoeirinha, 24) Lajedo, 25) Garanhuns, 26) Palmares, 27) São Bento do Una, 28) Belo Jardim, 29) Bom Jardim, 30) Sanharó, 31) Pesqueira, 32) Arcoverde, 33) Sertânia, 34) Afogados da Ingazeira, 35) Tuparetama, 36) São José do Egito, 37) Ibimirim, 38) Salgueiro, 39) Araripina, 40) Petrolina, 41) Serra Talhada.

Também tem cidade que tiveram suas ligas extintas ou desfiliadas ou ainda não reconhecidas como Escada, Itambé e Moreno.

Com isso aguardaremos o início da Copa do Interior do ano de 2020, a 35ª edição que é disputadas com seleções municipais, e que seja um ótimo campeonato, e as novidades você poderá conferir em nossa página no Facebook.

FONTES:

Biblioteca Nacional Digital (BND) – Jornal Diário de Pernambuco; — Pesquisa Pessoal —
RSSSF Brasil;
Site A História do Futebol;
Wikipédia;
Facebook – Pagina Copa do Interior;
Esportes News Arcoverde

Itacuruba Sport Club

Nome Oficial: Itacuruba Sport Club
Nome Rankeado: Itacuruba
Fundação: 02 de agosto de 1987
Localização: Itacuruba, Sertão do São Francisco – PE
Estádio: Antônio Gaudêncio (Gaudenção)
Capacidade: 5.000 torcedores
Mascote: Tilápia
Cores Oficiais: Vermelho, Preto e Amarelo
Status Atual: Extinto
Competição Atual: Sem competições
Títulos: Campeão Pernambucano da 3ª divisão (2001), Campeão Pernambucano da 2ª divisão (2002)
Histórico: 
Já esteve presente nas três divisões pernambucanas.

Escudos anteriores

Uniforme

Estádio (foto)

 

Sport Club Boa Vista

Sport-Club-Boa-Vista-Santa-Maria-da-Boa-VistaNome Oficial: Sport Club Boa Vista
Nome Rankeado: Sport Boa Vista
Fundação: 15 de novembro de 1984
Localização: Santa Maria da Boa Vista, Sertão do São Francisco – PE
Estádio: Paulo Coelho
Capacidade: 5.000 torcedores
Mascote: ???
Cores Oficiais: Vermelho, Azul e Branco
Status Atual: Inativo
Competição Atual: Sem competições
Títulos: —
Histórico: 
Participou do Campeonato pernambucano da 3ª divisão e da 2ª divisão.

Escudos Anteriores
Boa Vista/PE [BRA]

Estádio (foto)

Estádio Edvanes Nascimento

América Futebol Clube

América FCNome Oficial: América Futebol Clube
Nome Rankeado: América de Petrolina
Fundação: Década de 40
Localização: Petrolina, Sertão do São Francisco – PE
Estádio: Paulo Coelho
Capacidade: 5.000 torcedores
Mascote: ???
Cores Oficiais: Vermelho e Branco
Status Atual: Em atividade (social e amador)
Competição Atual: Amistosos e competições locais
Títulos: —
Histórico: 
Participou da Copa do Interior em 1981

Escudos Anteriores
América FC antigo América Lítero Esportivo - Petrolina

Estádio (foto)

Estádio Municipal Paulo Coelho - Petrolina

Náutico Esporte Clube

Náutico de PetrolinaNome Oficial: Náutico Esporte Clube
Nome Rankeado: Náutico de Petrolina
Fundação: Década de 50
Localização: Petrolina, Sertão do São Francisco – PE
Estádio: Paulo Coelho
Capacidade: 5.000 torcedores
Mascote: ???
Cores Oficiais: Vermelho e Branco
Status Atual: Em atividade (amador)
Competição Atual: Amistosos e competições locais
Títulos: —
Histórico: 
Participou do campeonato Pernambucano da 3ª divisão em 2000

Escudos Anteriores

Estádio (foto)

Estádio Municipal Paulo Coelho - Petrolina