Arquivo mensal: junho 2019

Copa dos Campeões das Ligas do Interior – 2014

Por José Henrique Martins, 24 de junho de 2019

A Copa dos Campeões das Ligas do Interior foi uma competição de caráter semi-amadora disputada entre 1994 até 2002 e também no ano de 2014, onde em 1999, 2000, 2001 e 2002 o campeão ganharia como prêmio máximo a profissionalização e seria inserido no estadual da 2ª divisão do ano posterior, sendo assim considerada como uma 3ª divisão do Campeonato Pernambucano.

Vamos então migrar para o ano de 2014, onde tivemos a última edição deste campeonato. E assim como em suas edições passada e como o nome já diz, o campeonato reunia os clubes amadores campeões das ligas filiadas da FPF-PE, sendo assim em 2014 esses foram os clubes participantes:


A competição a principio contaria com 13 clubes, porém o time do Espartanos da cidade de Alagoinha (que seria o representante da cidade de Pesqueira) desistiu pouco tempo antes da competição.

A competição terminou com o time do Atlético Clube Milan de Toritama sendo o grande campeão e o vice campeonato ficou com o Independente FC da cidade de Camutanga, que na competição representou Timbaúba, por se filiado a Liga Timbaubense na época.

Confira a tabela:
A partida final foi realizada no Estádio Municipal da cidade de Ferreiros, onde o placar final foi de Independente FC 2×1 Milan, forçando a partida para ser decidida nas penalidades onde o placar foi de Independente 6×7 Milan, tornando o Milan de Toritama/Surubim o Campeão desta que foi a última edição da 3ª divisão do campeonato pernambucano.

Milan, Campeão da Copa dos Campeões das Ligas do Interior de 2014 – Foto: FPF-PE

Fontes: FPF-PE (SlideShare), Toritama Informa, O Jornal de Toritama

Publicidade

Campeonato Pernambucano da 2ª divisão de 1918, a primeira edição!

Por Henrique Martins, 09 de junho de 2019



Em pouco mais de dois anos de pesquisas, eu sempre estive com um pé atrás sobre a primeira edição do campeonato pernambucano de 1977, quanto a veracidade de ser de fato a primeira edição da competição, vamos aos fatos:


  • Em 1977 a então segunda divisão foi disputada com  os clubes amadores do interior que por ventura poderiam reunir condições de disputar uma 1ª divisão no ano seguinte, porém seu campeão (o time do Maguary de Bonito) nunca chegou a disputar um jogo na elite estadual.

  • Em 1972 tivemos o campeonato pernambucano de amadores onde tivemos a participação de 06 clubes onde 02 eram de Recife (Caxangá AC e Expressinho FC) e os 04 restantes eram de cidades do interior (AFASA de Igarassu, Santa Cruz do Carpina, Locomoção de Jaboatão  e Central de Barreiros) o campeão dessa edição foi o Central de Barreiros, porém o time também não chegou na elite estadual em anos posteriores.

  • Mergulhando agora no início do profissionalismo no ano de 1939 o campeonato pernambucano daquele ano tinha a participação de 10 clubes (todos de Recife) e com isso a federação dividiu os 10 clubes em 02 divisões, a Azul (1ª divisão) e a Branca (2ª divisão), na divisão azul estavam presentes América, Náutico, Santa Cruz, Sport Recife e Tramways enquanto que na divisão branca estavam Flamengo, Globo, Great Western, Íris e Torre. O campeão dessa divisão branca foi o time do Torre, que no ano seguinte estava na 1ª divisão junto com Flamengo e Great Western.

E por fim mergulhando de vez no amadorismo e primórdios do futebol pernambucano, chegamos no ano de 1918, onde depois de verificar em três jornais da época pude constar que em 1918 foi disputado uma competição com 05 clubes (todos de Recife) e nesses três jornais essa competição era denominada de Campeonato da Segunda Divisão, vejam este recorte:

Classificação da 2ª divisão de 1918 – Jornal Pequeno

Esses eram os participantes:


O título dessa competição é uma incógnita, porém a taça deve ter ficado entre o Centro Sportivo do Peres e Varzeano Foot-Ball Club, pois em 1919, os 02 clubes estavam presentes na 1ª divisão, e sem contar que tiveram a melhor campanha.

Uma observação é que a 2ª divisão era descrita como o campeonato dos clubes filiados mais fracos da Liga Pernambucana de Desportos Terrestres.


Outra observação é de que nesta 2ª divisão participaram o Peres e o Casa Forte, clubes que fizeram campanhas desastrosas na 1ª divisão de 1915, 16 e 17, indicando um possível rebaixamento ou eliminação para a 2ª divisão de 1918.

——————————–X————————————-


Fontes: Biblioteca Nacional Digital Brasil.

Escudos dos clubes redesenhados por Sergio Mello do Blog a História do Futebol

Caso os links não abram, copie e cole na barra de pesquisas de seu navegador.